terça-feira, 17 de abril de 2012

Deputados podem votar hoje MP da desoneração do pão e do trigo

 

MP da desoneração do pão e trigo é o primeiro item da pauta do Plenário

A MP 552/11 proíbe a utilização de crédito presumido em algumas operações. Parlamentares e até produtores beneficiados pela desoneração reclamam que a medida vai aumentar a carga tributária e diminuir a competitividade.
Sete medidas provisórias (MPs) trancam a pauta  do Plenário, que retoma as votações na sessão ordinária de hoje. Além da análise das MPs, outros projetos poderão ser analisados em sessão extraordinária, por acordo entre os líderes dos partidos.
A primeira MP na  pauta é a 552/11, que prorroga até dezembro de 2012 a alíquota zero de PIS/Pasep e da Cofins para a importação e venda no mercado interno de trigo, sua farinha e pré-misturas de pão comum. As massas alimentícias, como espaguete e lasanha, também passam a contar com o benefício até 30 de junho de 2012.
O objetivo é reduzir o preço desses produtos no varejo e tentar frear o aumento da inflação. As isenções deverão acarretar perda de receita de R$ 813,12 milhões em 2012; e de R$ 43,99 milhões em 2013.
Agronegócio
Divulgação/Agência Brasil
Agropecuária - Plantações - Colheita de grãos em fazenda próxima a Brasília
Produtores criticam a desoneração sem crédito presumido.
O relator da MP 552/11, deputado Miguel Corrêa (PT-MG), ainda não apresentou o seu parecer, mas essa medida provisória já foi criticada por integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária e da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural.

Eles argumentam que a MP vai aumentar a tributação de alguns setores, já que o texto elimina o crédito presumido  de PIS e Cofins e nas vendas de insumos já isentos desses tributos.

Segundo o coordenador da frente parlamentar, deputado Moreira Mendes (PSD-RO), a MP aumenta a carga tributária do setor em cerca de 9%. Integrantes da frente se reuniram no dia 11 de abril com o presidente da Câmara, Marco Maia, para tentar negociar mudanças no texto.

A medida já foi criticada por representantes de avicultores, produtores de leite e de outros setores do agronegócio. Até mesmo representantes dos produtores de trigo, beneficiados com a prorrogação da alíquota zero de impostos, alertam que o fim do crédito presumido vai comprometer a competitividade do setor.

Minha Casa, Minha Vida
A MP 552/11 também reajusta para R$ 85 mil o limite aplicável às incorporações imobiliárias do programa Minha Casa, Minha Vida que estão sujeitas a um regime especial de tributação. Esse sistema prevê o pagamento de uma alíquota única, de 1% da receita mensal recebida, em vez do desembolso das alíquotas referentes a quatro tributos (Imposto de Renda, PIS/Pasep, CSLL e Cofins). Antes da medida provisória, o limite era de R$ 75 mil.

Catástrofes
O item seguinte da pauta é a MP 553/11, que abre crédito extraordinário de R$ 533,6 milhões para estruturar o sistema brasileiro de prevenção de catástrofes naturais e prestar socorro às vítimas. Os recursos destinam-se aos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação; da Defesa; e da Integração Nacional. A proposta será relatada pelo deputado Geraldo Simões (PT-BA).

Outras MPs
As outras cinco medidas provisórias que trancam as sessões ordinárias da Câmara são as seguintes:
- 554/11, que autoriza a União a conceder subvenção econômica de até R$ 500 milhões por ano às operações de financiamento da estocagem de álcool combustível (etanol);
- 555/11, que autoriza o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a prorrogar contratos com várias entidades até 31 de dezembro de 2012;
- 556/11, que faz mudanças na legislação tributária e altera o Plano de Seguridade do Servidor Público (Lei 10.887/04) para ampliar o rol dos adicionais que ficam isentos da contribuição previdenciária;
- 557/11, que institui o Sistema Nacional de Cadastro, Vigilância e Acompanhamento da Gestante e Puérpera para Prevenção da Mortalidade Materna; e
- 558/12, que altera os limites de três parques nacionais (da Amazônia, dos Campos Amazônicos e de Mapinguari); das florestas nacionais de Itaituba 1, Itaituba 2 e do Crepori; e da Área de Proteção Ambiental do Tapajós – todos situados na região Amazônica.
Reportagem – Carol Siqueira
Edição – Newton Araújo

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara de Notícias'

3 comentários:

  1. Graça e Paz seja com você. Passei por aqui para fazer uma visita em seu "espaço virtual", e consequentemente, aproveitando o ensejo, lhe convidar a visitar o [Blog do Ângelo], um espaço virtual que gira em torno da seguinte temática: "Um Olhar Bíblico-Teológico Sobre Temas Atuais e Polêmicos". Acesse: http://pbangelo.blogspot.com e aproveite para conferir as mais recentes postagens: SEIS COMPONENTES DO ARREPENDIMENTO, NAMORO COM PRINCÍPOS CRISTÃOS: SOBRE O NAMORO CRISTÃO, NAMORO COM PRINCÍPIOS CRISTÃOS: VERGONHA DE SER VIRGEM? , "CARTA A UM JOVEM EVANGÉLICO QUE FAZ SEXO COM A NAMORADA" , NAMORO COM PRINCÍPOS CRISTÃOS: REPRIMIR O DESEJO SEXUAL FAZ MAL? , NAMORO COM PRINCÍPOS CRISTÃOS: CONTATO FÍSICO , O CRENTE E A FESTA JUNINA , TEOLOGIA QUENTE, O VAZIO DA ALMA E O PÚLPITO SALDÁVEL , LIBERALISMO TEOLÓGICO É A CAUSA DA APOSTASIA DA IGREJA NO MUNDO, CONTROVÉRSIAS CRISTOLÓGICAS, DIFERENÇA ENTRE PAIS APOSTÓLICOS E APOLOGISTAS, CRISTIANISMO PRIMITIVO E A CULTURA DA IGREJA, ESPIRITUALIDADE EGOLÁTRICA, e muitas outras. Visite, confira, curta e compartilhe.

    Fraternalmente em Cristo,

    [Blog do Ângelo]

    ResponderExcluir
  2. Saudações em Cristo, irmã Lauriete. Que a potente mão do Senhor esteja contigo !!!

    ResponderExcluir
  3. A paz do Senhor Jesus irmã Lauriete!

    Vi o seu blog através do blog: paixaopormissao.blogspot.com.br/2010/09/qual-diferenca-entre-missoes-e.html e fiz esta visita pra pedir a irmã se possível visite o nosso blog: http://ungidosparapregarboasnovas.blogspot.com.br/
    E desde já todos quanto verem esse post tbm está convidado a nos visitar, amém? Somos um grupo missionário e queremos levar a Palavra do nosso grande Deus e Senhor Jesus Cristo as nações.

    Um forte abraço...

    ResponderExcluir